Blog Gráfica Promopress

Gráfica Offset e Digital

Acabamento gráfico – 3 tipos

by Bruna on 27 de maio de 2019 No comments

Você sabia que o acabamento gráfico é fundamental no momento de dar um toque de sofisticação no seu material impresso? Confira nesse post!

Antes de qualquer coisa, precisamos relembrar qual a definição desse termo para entendermos melhor como ele funciona.

No mercado gráfico, sempre que nos referimos a acabamento gráfico, estamos falando de um processo em que o produto, depois de impresso, é finalizado.

Em outras palavras: é a etapa que enobrece os impressos, transformando um material simples em uma apresentação chamativa e atraente.

Acabamento gráfico – Por que utilizar?

Na indústria gráfica, além de criatividade e tecnologia, há outras ferramentas e detalhes que podem proporcionar toda a diferença, garantindo mais qualidade ao trabalho solicitado pelos clientes.

E o acabamento é um deles e faz muito bem esse papel. Além de enobrecer o seu impresso, ele oferece maior qualidade e durabilidade para o seu folder, por exemplo.

Agora que entendemos melhor qual a sua importância, vamos ao que realmente interessa.

Para isso, listamos 3 tipos de acabamentos muito utilizados na indústria gráfica.

acabamento gráfico

Acabamento gráfico – Qual utilizar?

Laminação

Trata-se de um processo de acabamento gráfico que deve ser solicitado assim que for feito o pedido do material impresso na sua gráfica de confiança.

Pode ser feita em diversos tipos de papel, como offset, couché, duplex, triplex, entre outros, como também em qualquer material, como cartão de visita, pasta, adesivo, caderno, etc.

Laminar um papel é submetê-lo a uma camada de material plástico bem fino e transparente.

É importante lembrar que existem três maneiras de realizar esse acabamento. São elas:

Laminação quente

Esse tipo de laminação é feito em bobinas, onde a aplicação tem o auxilio de uma termolaminadora.

A temperatura gerada pela máquina, faz com que o plástico da laminação se una ao material.

Laminação a frio

Os equipamentos de laminação a frio tendem a ser mais baratos, oferecem várias opções de filmes, como polipropileno, poliéster, policarbonato ou vinil.

Além disso, pode ser do tipo permanente com alta ou baixa adesão, reposicionáveis, com ou sem proteção UV.

Aplicação líquida

Neste segmento, a produção conta com um método específico, no qual se utiliza tinta para dar cor à superfície do papel desejado pelo cliente.

Powered by Rock Convert

A aplicação deve ser feita de maneira bastante cuidadosa para não pintar de forma que não provoque manchas e borrões.

A laminação proporciona vários tipos de acabamentos, que variam de acordo com o plástico que será aplicado. São eles:

  • Laminação Acetato Semitone;
  • Laminação Nylon;
  • Laminação Pet Brilho;
  • Laminação BOPP (fosco ou brilho);
  • Laminação Soft Touch.

Objetivos da laminação:

  • Acrescentar brilho ou outros efeitos especiais à superfície do papel, como no caso da laminação fosca ou com glitter por exemplo;
  • Aumentar o brilho de materiais que já possuem um certo brilho, como o papel couché;
  • Fornecer uma proteção mecânica e evitar o desgaste da impressão causado por “esfregamento” ou manuseio. Pastas e cadernos quase sempre são laminadas com esta finalidade;
  • Proteger o material contra desbotamento ou desgaste causado pelo ambiente, mesmo impressões feitas em gráficas podem desbotar, se expostas ao sol por longos períodos.
laminação brilho

Verniz localizado

Chamamos de verniz localizado ou verniz UV o tipo de acabamento gráfico que proporciona ao impresso o efeito de brilho, somente nas partes desejadas.

Ele cria um aspecto estético superior e garantindo ao produto um visual mais trabalhado e bonito. É um acabamento especial que enriquece qualquer material gráfico. Ele pode ser em UV local com brilho, mas também há opções, como fosco.

Além disso, o verniz localizado possui a vantagem de ser aplicado em papéis de diferentes gramaturas, de postais a panfletos, portfólios, catálogos, cartões de visitas e folders.

A aplicação do verniz pode se dar depois da impressão ou concomitantemente ao processo de impressão, na própria máquina offset.

Como montar uma máscara de verniz localizado?

  1. Para fazer a máscara de verniz localizado, vá para a página 1 do seu arquivo, onde ele encontra-se a frente do seu impresso e selecione todos os elementos que deseja que o verniz seja aplicado.
  2. Depois de selecionar, dê o comando copiar (atalho ctrl+c).
  3. Vá até a página 2 do seu arquivo (máscara de verniz referente a frente do impresso) e cole a sua seleção (atalho ctrl+v). Os objetos colados deverão ficar na mesma posição da página 1.
  4. Ainda na página 2, o próximo passo será pintar de 100% magenta todos os objetos copiados. Repita o mesmo processo para o verso do impresso.

Tipos de verniz utilizados no mercado gráfico:

  • Verniz à base de óleo;
  • Verniz à base de água;
  • Verniz UV.
verniz localizado

Faca especial

A faca especial é um equipamento que a gráfica possui e serve para corte do material impresso. Elas são feitas de lâminas de metal fixadas, normalmente, sobre uma base de madeira.

Em geral, é um recurso muito usado na confecção de embalagens, que necessitam de cortes específicos.

Além disso, é a faca especial que realiza a produção das abas e de todo o fechamento que a embalagem necessita.

Pode ser usado também como recurso expressivo para a valorização de layouts, inclusive com a inclusão de formas vazadas no papel, como por exemplo, em folders, cartazes, etc.

A lâmina atua por pressão sobre os impressos, realizando o corte desejado, simultaneamente, sobre várias unidades, dependendo da gramatura do papel.

De acordo com a lâmina utilizada as facas especiais podem:

  • Cortar;
  • Fazer meio corte ( usados em adesivos que são posteriormente destacados de uma folha);
  • Vincar (lâminas com cortes arredondados. Auxiliam na dobra de determinados impressos, principalmente aqueles com maior gramatura);
  • Serrilhar.

Cuidados que se devem tomar para evitar erros comuns no uso da faca especial como acabamento gráfico:

  • Respeite a margem de segurança;
  • Evite fazer desenhos complexos;
  • Posicione a faca corretamente.

Principais aplicações da faca especial:

faca especial

Gostou das dicas? No blog da Promopress Gráfica você encontra outros artigos sobre as novidades da indústria gráfica.

Aproveite e solicite um orçamento sem compromisso conosco.

Acesse www.promopress.com.br.

BrunaAcabamento gráfico – 3 tipos

Join the conversation