Blog Gráfica Promopress

Gráfica Offset e Digital

Você sabe o que é marketing de produto?

by bruna on 24 de agosto de 2018 No comments

Você sabe o que é marketing de produto e para o que ele serve? No post de hoje, vamos te mostrar e explicar qual a importância dessa estratégia tão eficiente. Confira!

Dentro dos Ps do composto de marketing, é o produto que identifica, cria uma necessidade de compra para clientes reais ou em potencial de uma empresa.

Afinal, o que é marketing de produtos?

Neste contexto, o marketing focado em produto se preocupa com cada aspecto de influência da mercadoria, como benefícios de uso, impacto da aquisição, análise do mercado e designer.

Além disso, o marketing de produtos é um tipo de marketing cujo o foco é conectar produtos e pessoas.

Sua meta é encontrar os consumidores certos para um determinado produto e criar uma maneira de vendê-lo que seja interessante para estes consumidores.

Ou seja, marketing de produto é:

  • Desenvolver o posicionamento do produto;
  • Mensagem da empresa sobre o produto;
  • Diferencial competitivo do produto, frente aos concorrentes;
  • Alinhamento entre as equipes de vendas e marketing.

marketing de produtos

Categoria de produtos

É fundamental identificar qual é o tipo de categoria que o seu produto se encaixa. Essa definição influência todas as decisões tomadas no composto de marketing.

Classificações de produtos:

Bens de consumo

Tangíveis (bens materiais) – Trata-se de bens palpáveis e pode ser classificado como bens duráveis e não duráveis.

Bens duráveis – automóveis, imóveis, vestuários, etc.

Bens não duráveis – alimentos, bebidas, produtos de higiene, etc.

Intangível (bens imateriais) – benefícios que podem ser oferecidos para alguém por um determinado valor.

Serviços: Salão de beleza, segurança, etc.

Pessoas: Atleta, político, etc.

Lugares: São Paulo, Bahia, Rio de Janeiro, etc.

Organizações: ONU, igrejas, empresas, etc.

marketing de produtos

Bens de conveniência

São aqueles produtos comprados com maior frequência e que demando mínimo esforço para serem adquiridos.

Geralmente, são produtos com baixo preço, além da sua estratégia buscar atingir a massa, ou seja, um público heterogêneo.

Por isso, há dificuldade em conquistar fidelidade desses consumidores, já que normalmente são encontrados em diversos lugares.

Bens básicos: primeira necessidade e frequentemente consumidos, como alimentos e produtos de higiene.

Bens de impulso: aqueles que normalmente o consumidor não programa a compra ou não pensa em comprar, como guloseimas e revistas.

Bens de emergência: Compra gerada por uma ocasião especial, como guarda-chuva, filtro solar e remédios.planejamento de produtos

Bens de compra comparada

É um tipo de produto comprado após um esforço maior do consumidor e que buscam uma reflexão e comparação dos clientes com base em qualidade, preço, designer, etc.

Possuem um preço maior que os de conveniência, mas não muito altos. A estratégia de promoção continua sendo para atingir a massa, mas agora com o foco específico em vendas.

Um exemplo claro de compra comparada é de equipamentos eletrônicos.

Bens de especialidades

São produtos comprados com baixa frequência e por isso, são mais caros. Existe um esforço maior para os consumidores conseguirem adquirir esse determinado produto.

A distribuição é exclusiva e feita e possui pontos de vendas específicos para a classe do produto. São exemplos de bens de especialidade: faculdade e automóveis.

extensão de linha

Linhas de produtos

Extensão de linha

As empresas tendem a expandir sua linha de produtos por diferentes motivos. Com o intuito de alcançar uma fatia maior de consumidores, permitindo diminuir os custos, fortalecer o portfólio, fixar a marca na mente dos consumidores, etc.

A extensão de linha de produtos ocorre quando uma marca resolve aumentar o seu número de produtos a partir de um item existente, cujo as vendas já são bem sucedidas.

  • Empresa de chocolate tradicional que passa a vender versões light e diet;
  • Marca de Smartphone que decide vender outras versões e cores diferentes.

Extensão de marca

São aplicações da marca em outras categorias de produtos. Seu objetivo é otimizar o investimento feito na marca, aumentando os lucros e, consequentemente, conquistando novos consumidores.

  • Empresa que iniciou no segmento de bebidas e passou a produzir e vender calçados e vestuário;
  • Empresa que iniciou no segmento de automóveis e passou a produzir e vender perfumes e acessórios;

linha de produtos

Estratégias para extensão de marca

Marca única

Utilização de uma única marca para todas as linhas. Existe grandes conceitos e se torna uma marca extremamente forte. Tem custo menor para desenvolvimento e comunicação.

Além disso, corre  um enorme risco de enfraquecer e não representar mais nenhum conceito. Exemplo de marca única: Yamaha.

Marca derivada

Nomes ligados a marca mãe, e podem identificar famílias de produtos muito diferentes. Por exemplo: Nescau, derivado de Nestlé.

marketing de produtos

Marca endossada

Citação (em menor tamanho) da marca mãe. A marca da empresa legítima, enquanto a marca individual distingue, como suco Kapo endossado pela marca Coca-Cola.

Powered by Rock Convert
Banner - planilha de investimentos em marketingPowered by Rock Convert

Marca independente

Sem ligação com a marca mãe, a empresa é conhecidos por fornecedores e parceiros, mas apenas a sua marca é conhecida por seus consumidores, como as marcas de sabão em pó Ariel e Ace, ambas fabricadas pela Procter&Gamble.

marca independente

Embalagens e designer

As embalagens e o designer de um produto são de extrema importância para uma marca.

Além de proteger, transportar, acondicionar, trazer beleza e charme para um determinado produto, são fundamentais para conquistar o consumidor, chamar a sua atenção e fideliza-lo.

embalagens

Estágios do marketing de produto

Enquanto o ciclo de vida do produto é composto por 4 etapas, sendo elas: introdução, crescimento, maturidade e declínio, o marketing de produto desenvolve o conceito antes da primeira, sendo desmembrada em 7 estágios.São eles:

Desenvolvimento do perfil dos consumidores: compreensão do público-alvo;

Posicionamento e mensagem: documento criado a partir de respostas objetivas sobre o que faz o produto, para quem ele faz e quais são seus diferenciais;

Educação da empresa sobre o posicionamento e mensagem: alinhamento das respostas anteriores para a própria empresa.

Criação de um plano de lançamento: planejamento aplicado para definir as estratégias relacionadas ao lançamento do produto.

Criação de conteúdo para lançamento: uso do marketing de produtos para explorar as qualidades do marketing de produto.

Preparação da equipe: alinhamento final entre todas as equipes envolvidas.

Lançamento: é o momento de checar o que deu certo, merece replanejamento ou pode ser descartado.

produtos

Benefícios do marketing de produto

Esse é o verdadeiro objetivo do comprador:os benefícios que aquela aquisição pode te proporcionar. Por isso, é fundamental pensar em como será o uso dele pelos consumidores, como ele se aplicará ao dia a dia, o que pode ser esperado e como essa expectativa pode ser superada.

A compra pode ter funções primárias e secundárias. Ao identificar os proveitos e conveniências, você responderá as perguntas essenciais do marketing de produto. São elas:

  • O que é o produto?
  • Para quem ele é?
  • Para que ele serve?
  • Quando será utilizado?
  • Qual é o seu diferencial?

É importante levar em conta que apenas os ganhos de uso prometidos e básicos não são suficientes atualmente. É preciso que uma oferta vá além, oferecendo vantagens em todos os sentidos para o consumidor.

Uma forma de construir essa imagem é gerando conteúdo e informações sobre os usos e impactos de uma aquisição.estratégias de produto

Marketing de produtos x gestão de produtos

Enquanto a gestão de produtos lida com o desenvolvimento de novos produtos, o marketing de produtos faz a distribuição dele para os clientes.

Além disto, consiste no processo de promover e vender a mercadoria para uma audiência específica.

Para aplicar o marketing de produto é importante que você tenha uma pessoa atualizada para seu produto, conheça o plano de negócio da sua empresa e saiba como os clientes estão usando o item.

É fundamental também que você entenda a partir de onde clientes e usuários estão chegando a sua empresa, de modo que mantenha um controle sobre seus passos.

Ligado diretamente ao consumidor, esta modalidade de marketing tende a auxiliar a sua empresa no que diz respeito ao posicionamento e diferencial competitivo.

produtos

Marketing de produtos x marketing de serviços

Atualmente, cada vez mais o marketing de serviços e o marketing de produtos andam lado a lado.

Isso porque, não importa o que venda, num mercado altamente competitivo e exigente, é a experiência do consumidor que faz a diferença, atrai, converte e fideliza.

Porém, saber diferenciar os conceitos no momento de pensar nas estratégias a serem desenvolvidas, poupa tempo, recursos e contribui para a conquista de melhores resultados.

Qual a semelhança?

O mix de marketing tem 4Ps bastante conhecidos: produtopreçopraça promoção. Estejam mais diretamente ligados ao marketing de produtos, eles também podem ser aplicados ao de serviços.

Isso porque, para muitas empresas, o serviço é, de fato, o produto que possuem. E, em outros casos, vale ainda pensar em formas de transformar o serviço em produto “palpável”, como um revista, por exemplo.

O que há de diferente?

A diferença real está nos 3Ps que foram adicionados ao mix com foco em serviços.

Pessoas

São agentes que têm influência direta na qualidade da experiência. Vale pensar, por exemplo, que clientes podem voltar ou não a um negócio em função da forma como foi tratado;

Prova física

Tem relação ao local onde o serviço é prestado. Pense, por exemplo, no conforto, limpeza e aparência de um salão de beleza que, por essas características, se torne mais atraente e convidativo;

Processos:

Envolve o fluxo de trabalho, tudo aquilo que vai impactar o serviço e a experiência do cliente.Vale pensar, por exemplo, na importância da padronização de processos para a conquista de resultados que correspondam ao padrão de qualidade desejado.

marketing de produto

Percebeu como o marketing de produtos é importante? Se estiver precisando de outras dicas para melhorar o desempenho da sua empresa, no blog da Promopress Gráfica você encontra!

Acesse nosso site, www.promopress.com.br e confira!

brunaVocê sabe o que é marketing de produto?

Join the conversation